PCS Electronics PCS Electronics - página inicial PCS Electronics

English version.Versión en español.Nederlandse Versie.Versão em português.

Nuestros productos
Nuestras guías
Novedades

¡Protegido mediante SSL!

Veja o que nossos clientes têm dito sobre nossos produtos

 

EXCITADORES BASEADOS NO MAX PRO I

 

1.) Satellite FM 89 Megahertz, Nova Zelândia
Sugerimos que você use também a Satellite Communications Ltd. como referência. r 89 FM Bay. Transcrição

"O transmissor Max Pro I faz com que sejamos tão bons quanto as outras rádios comerciais, se não melhores. O transmissor é muito estável e funciona o dia inteiro sem problema". "Nós o recomendamos".

Satellite FM 89 Megahertz
Uma divisão da Satellite Communications Ltd.


>Alguma novidade sobre a aceitação do nosso produto MAX PRO I?
>
>Atenciosamente,
>Marko - PCS Electronics

Oi Marko,

Sim, o produto foi aceito. Recebemos a visita de um fiscal do departamento de "Radio Spectrum" que queria testar a unidade com um analisador de espectro durante o funcionamento aqui no local... O resultado final foi que o equipamento estava exatamente dentro do espectro e ele disse que era um dos sinais mais limpos que já tinha visto, se é que isso é alguma novidade para você.

A parte chata é que com as próximas eleições por aqui a concessão de novas freqüências foi suspensa. Dizem que vão voltar a pensar nisso no começo do ano que vem :(

Você pode dar uma olhada no que está acontecendo com o departamento de "Radio Spectrum" no site deles: http://www.med.govt.nz/rsm/

Estamos muito satisfeitos com o equipamento e ele continua sendo a melhor opção de preço e qualidade disponível por aqui... Só esperamos que a "Radio Spectrum" chegue a um consenso e disponibilize a 107 e a 108 em toda a Nova Zelândia para estações locais pequenas (abaixo de 10 Watts), como eles têm dito que vão fazer há um ano.

2.) Grogster, Nova Zelândia

Aqui na Nova Zelândia, um cliente meu acabou de enviar um Tx baseado no módulo MAX PRO-1 para análise técnica. O equipamento foi aprovado com excelentes resultados. Os spurs e harmônicas ficaram abaixo de -55dB.

Esse módulo eu comprei da PCS como um módulo pronto, o que me economizou o tempo de montagem.

A potência de saída foi medida com nosso osciloscópio de alta freqüência, que tem um medidor de potência de RF, dando uma leitura de 7,5W de potência com 13,8V CC!!!

E o melhor de tudo - são 7,5W totalmente limpos!!!

3.) Bob
 ...
O MAX está funcionando muito bem e 8km não é nada para ele. Estou chegando até a cidade de xxxxxx, que fica a uns 9km daqui, e uma amiga minha de xxxxxxx, que fica a 12km, consegue me ouvir no rádio do carro dela. Eu moro no quarto andar e uso uma torre telescópica comprada numa loja do ramo. Em cima dela eu tenho uma torre de 3 metros. A parte inferior dessa torre (aprox. 1 metro) fica presa na torre telescópica. Depois eu vou medir a altura do prédio. É o segundo prédio mais alta desta cidadezinha, então a minha antena vê todo mundo de cima. Me conte mais sobre o MAX 2::))

4.) Bill Xxxxx
Oi Marko, (30 set 1999)
Sim, recebi o MAX-1.  Durante a etapa (extremamente simples) de sintonia, consegui ajustar o sinal sonoro tão fraco que ele praticamente parou. Achei que era exagero e ajustei até que o som aparecesse fraquinho novamente.  Esse método de sintonia é incrivelmente FÁCIL!  O meu invólucro é a fonte de alimentação de um antigo PC-AT (gabinete, ventoinha e botão vermelho, só) e estou construindo uma J-pole de cobre; se a antena passar no teset, vou te passar as dimensões para poder dividir com os outros. Obrigado pelo ótimo produto.  Desejo sucesso com o MAX-2 e aí por diante.

5.) Quando meu MAX-1 chegou, vasculhei meus cacarecos em busca de um invólucro que servisse. Quando avistei uma antiga fonte queimada do meu velho IBM-XT, dei risada, chorei e quase morri! Com uma ventoinha de 12V CC já instalada, orifícios de ventilação, um botão vermelho liga-desliga gigante e uma etiqueta dizendo que atendia às normas FCC, ela quase sorriu para mim. Encontrar arruelas e parafusos de fixação dentro dela foi mais divertido do que ir até um loja, e furar e montar foi mais fácil que brincadeira de criança. O resultado final ficou relativamente compacto e quase à prova de balas. Com os cabos desconectados, parece que faz parte do resto da sucata (exceto pela menor quantidade de poeira...).  Às vezes eu sinto a tentação de dar uma aparência mais "profissional" ao transmissor, mas só de pensar num fiscal fazendo uma busca e não encontrando nada me faz dar boas risadas. Outras idéias bobas: um modem externo de 300 baud; um transceptor, roteador, hub, concentrador; qualquer coisa da Heathkit;  a parte de baixo de um conjunto eletrônico 50 em 1 (com o fone de ouvido ainda plugado).

6.) Eric
Acho que você gostaria de receber uma "análise" do kit Max-1 da PCS Electronics. Depois de muita pesquisa, decidi encomendar o excitador Max-1 da PCS Electronics. Eu estava procurando alguma coisa com potência superior à dos outros kits e precisava da estabilidade de um circuito PLL. Além disso, me pareceu uma boa idéia o visor de cristal líquido que ajuda na hora de sintonizar e detectar problemas. O kit chegou muito rápido levando em conta a distância e estava embalado com muito cuidado. O Marko coloca instruções bem detalhadas e alguns conselhos muito importantes para os novatos nos kits de montagem. Eu não recomendaria usar esse kit no seu primeiro projeto se você não tiver experiência com montagem de kits. Ele contém muitas peças e certas partes da soldagem exigem muita habilidade. Reserve um certo tempo para montar esse kit. Eu dividi a montagem em três sessões de 1,5 - 2 horas. O motivo é que se você resolver fazer tudo de uma tacada só, há grande possibilidade de fazer alguma besteira. Em muitos capacitores de cerâmica não dá para ler os valores. Observação: Isso é comum na maioria dos capacitores de cerâmica e não é culpa da PCS Electronics. Na verdade, o Marko gastou certo tempo colocando etiquetas nos capacitores mais difíceis de ler. Depois de terminar e conferir meu trabalho algumas vezes, comecei o processo de sintonia e teste. Esse projeto é exclusivo, porque o Marko incluiu no circuito algumas ferramentas de diagnóstico que ajudam no alinhamento e na sintonia iniciais. A maioria de nós não tem dinheiro para comprar analisadores de espectro e outros equipamentos necessários para a construção de um transmissor estável e eficiente. Mas com esse kit só precisamos de uma carga fictícia de 50 Ohms que suporte 5-10 Watts, um voltímetro-ohmímetro e um medidor de ROE de VHF. Se também não tiver esses itens básicos, tente consegui-los ou escolha outro hobby. Na primeira ligação, deu tudo certo (nenhuma fumaça). Foi bem fácil conseguir os 5 Watts esperados e a trava PLL do transmissor. Depois de mais alguns ajustes das espiras e dos capacitores de regulagem, e da modificação sugerida pelo Marko na documentação, consegui mais de 7 Watts na saída e trava PLL estável! O Marko diz que se pode aumentar a alimentação para 16 Volts mais eu não tive tanta coragem assim. Segui o conselho de colocar o transmissor dentro de um invólucro de metal. Isso é importante para qualquer circuito de RF e com certeza melhora o desempenho geral do Max-1. Decidi também usar um dissipador de calor mais parrudo e instalei uma antiga ventoinha de PC na parte inferior do invólucro. O trecho final do circuito fica muito quente e achei que um pouco mais de refrigeração não faria mal. Eu tinha construído uma antena J-pole para usar com esse kit e foi necessário ajustá-la para a freqüência correta. Usando o Max-1 como guia e depois de alguns ajustes cuidadosos na antena, consegui finalmente um ROE de 1,2 : 1. A essa altura estava tudo pronto para aplicar uma fonte de áudio e começar a pilotar o transmissor. É possível sobrecarregar a parte frontal do transmissor com excesso de sinal sonoro, portanto observe bem o LED do PLL ao aumentar a fonte de áudio para o volume máximo. A região onde eu moro é bem plana (tem muitas fazendas) e com 12 metros de elevação obtive um sinal limpo por 5,0-6,5 km. Foi muito legal montar esse kit e o Marko é muito rápido ao responder os emails. Não tenho como confirmar os relatos dele quanto à pureza espectral, mas não tenho dúvida de que o que ele diz é preciso. O circuito contém um filtro passa-baixas integrado no projeto. Recomendo esse kit para qualquer pessoa que esteja procurando um transmissor de alta qualidade, estável e fácil de sintonizar.

Ótimo trabalho, Marko!

7.) Jan Xxxx
Não tem problema. É uma honra para mim se você quiser colocar imagens do meu TX no seu site. Levei uma semana para montá-lo sozinho. A placa de metal é do meu velho carro Skoda1000MB SuperSprinterTurboGXT. Trabalhada com martelo, alicate e cor básica. (Ah, esqueci: papel colante "com florzinhas" para cobrir a ferrugem.) Depois das últimas provas da faculdade, participei de uma corrida no kartódromo local com meus amigos, para destruição total do meu carro. Agora eu tenho um modelo mais novo Skoda 120, ano 1978 :-))) O compactador/limitador é da primeira versão testada, agora eu fiz uma versão melhor (na aparência). Como eu fiz a placa frontal? Fácil. Imprimi papel colante com fundo preto e borda branca e texto e coloquei embaixo dos parafusos do potenciômetro (não sei se estou me expressando bem na sua língua, mas tenho certeza que você sabe o que eu estou querendo dizer). E no final eu fiz uma capa para o mostrador. Pronto.




Você está pensando que esse cara não sabe se expressar muito bem? Acho que ele é um verdadeiro herói, dê uma olhada e admire o que ele fez. BRAVO!

 

AVALIAÇÕES SOBRE ISA MAX/ PCI MAX

1.) NikosE, Austrália (PC MAX é o antigo nome do ISA MAX)
Oi pessoal,

Quero fazer um breve relato sobre alguns testes que fiz com a placa PC MAX durante minhas últimas férias na Austrália.

Depois de comprar uma unidade do PCI MAX, decidi dar de presente o meu antigo PC MAX para um amigo.

Como esse amigo mora numa cidade menor (Hobart, Austrália), achei que seria uma boa oportunidade de fazer alguns experimentos com o PC MAX em um local com menos “congestionamento eletromagnético”. As poucas rádios FM públicas e comerciais daquela região ficam bem espaçadas no espectro FM e há pouca interferência de outros sinais de rádio.

A casa do meu amigo fica na metade da subida do monte Wellington e tem uma vista panorâmica da zona oeste de Hobart e do litoral mais para o sul. Idealmente, para fins de radiodifusão, a melhor escolha seria uma antena direcional. Mas devido a limitações de tempo, decidimos montar às pressas uma “antena GP”, com base no guia PC MAX da PCS. O fio mais grosso que conseguimos encontrar tinha um diâmtro de 1,25mm apenas. Os radiais iam entortar com o próprio peso, imagine na antena GP. Então penduramos essa “antena-polvo” com um fio de nylon na varanda da casa.

A placa do PC MAX foi instalada num PC com Windows XP. Tivemos alguns problemas de conflito de E/S, mas conseguimos resolvê-los alterando o jumper de endereçamento de E/S da placa para outra posição (340H). O software do PC MAX funcionou no XP sem problemas. Finalmente, conectamos o PC MAX na antena com 8m de RG-58. A freqüência de transmissão foi configurada para um ponto vazio em torno de 97MHz, com a placa na potência máxima de saída.

Depois de terminar a configuração do transmissor no micro, montamos uma lista de reprodução no Winamp (sem plug-in) e saímos de carro para ver até onde ia o alcance do PC MAX. No caminho em direção ao litoral, o sinal aumentava e diminuía dependendo se estávamos ou não na linha de visão da antena. Quando estávamos na linha de visão, a recepção do PC MAX no rádio do carro ia de boa a muito boa. A única diferença entre o sinal de áudio do PC MAX e das estações comerciais era uma menor profundidade de modulação e um leve zumbido que se podia ouvir entre as trilhas musicais.

Quando chegamos perto do mar (linha de visão), o volume sonoro do the PC MAX que se ouvia no rádio do carro era consistentemente bom e comparável ao das estações comerciais. Usamos também um rádio de mão da Philips para conferir a força do sinal (um único LED vermelho). Fora do carro, o radio de mão (com a antena retraída) recebia as estações comerciais e mostrava mostrava força total do sinal (LED aceso com vermelho intenso). A nossa microestação era recebia com apenas 1 das 5 partes da antena telescópica do rádio esticada. Com a antena toda esticada, o sinal do LED ficava aceso com vermelho intenso! Um eventual ouvinte não seria capaz de distinguir nossa transmissão da transmissão das rádios comerciais, que têm uma potência de saída centenas de milhares de vezes maior.

Com um mapa, medimos a distância entre o ponto onde paramos para fazer a medição com o rádio portátil e o transmissor do micro. Era cerca de 10km. O alcance real era maior, porque o sinal estava se propagando em mar aberto. A próxima parada deve ter sido a Antártida!

Ficamos impressionados com o desempenho da PC MAX, principalmente considerando sua baixíssima potência e a péssima antena que estávamos usando. Isso mostra que um microtransmissor bem construído, altura da antena em relação ao solo e ausência de interferência podem dar excelentes resultados para recepção em locais na linha de visão da antena.

Micro-radiodifusão feliz,

NikosE
Fevereiro de 2002

2.) BigJimW

Se você curte transmissores FM para PC, experimente a placa PCIMAX!

O Marko e sua tripulação acabaram de atualizar os drives e funciona maravilhosamente! Eu consigo um sinal de mais de 800m com a placa, sem usar o amplificador!

Fiz uns testes de campo com o equipamento, usando meu carro. Ouvi a mais de 800 METROS de distância! E AINDA falta ligar o amplificador de 5 Watts que eu comprei no pacote!

O melhor investimento que eu fiz com o PC em todos os tempos! Transmissão e alcance sólidos como rocha. Parece realmente uma estação FM profissional!

Com certeza recomendo para outras pessoas. Um item OBRIGATÓRIO para o PC!

ATUALIZAÇÃO: Ligamos o amplificador uma noite dessas. E digamos, estou sem palavras. Uma cobertura sólida do sinal em 16 quilômetros de raio, pelo menos. Testando o sinal sozinho hoje, ouvi com meus próprios ouvidos, enquanto dirigia o carro, o que esse troço consegue fazer (pacote com placa PCI Max / amplificador de 5 Watts / antena Comet). Ouvi a transmissão perfeita em três cidades!

A descrição de que o equipamento é bom para museus parece PIADA! Na configuração de potência alta, sem amplificador, dá pra ser ouvido em pelo menos 3 museus!

Marko, essas suas placas transmissoras para PC são campeãs! Espero que você venda um milhão delas.


3.) Revista PLAYBOY, junho de 2002

Configuração da MAX-1 PRO

Este é o artigo que foi publicado na edição de junho da revista Playboy nos Estados Unidos:

Configuração da MAX-1 PRO

Discuta este artigo no nosso Fórum!

 

 

.

 

Copyright © 1997,2002 - PCS Electronics.  Todos os direitos reservados.
Revisão: Quase todo dia


Layout e mecanismo de compra desenvolvidos por BLUEWARE LC

Este site teve  visitas desde 10 de julho de 2001 (111527 antes de zerar o contador).